domingo, 7 de agosto de 2011

CHINA (9º ANO)

Mapa da China Imperial
O importante a assimilar é que a China é uma civilização milenar.  Altamente desenvolvida e organizada, comandada desde seus primórdios por dinastias de imperadores que mantiveram a China extremamente fechada ao contato exterior .  Já no início do século XX a China passa a sofrer a influência de potências estrangeiras como: Inglaterra, França, Alemanha, Japão e EUA.  Essas potências tinham o apoio da elite chinesa lideradas pelos Mandarins (chefes políticos locais) e pelos Notáveis (funcionários públicos graduados).  Com a China dividida por interesses conflitantes, várias revoltas abalam o país, colocando em xeque o governo dos imperadores.

O FIM DO IMPÉRIO CHINÊS

Sun Yat-sen



  • Sun Yat-sen fundou o Partido Nacional do Povo em 1911 e consegue derrubar o Império Chinês e proclamar uma república.
  • Não houve a consolidação da república em todo o território (extensas áreas do território chinês nas mãos dos "senhores da guerra" e proprietários rurais.




IDEIAS MARXISTAS NA CHINA
  • Clima de insatisfação social.
  • Chegada de ideias marxistas através do professor universitário Li Ta-chao que traduz as obras de Marx e Engels.
  • Em 1921, fundação do Partido Comunista Chinês (PCCh) com Mao Tsé-tung como seu principal líder.

Chiang Kai-shek


NACIONALISTAS x COMUNISTAS
  • Em 1925 a morte de Sun Yat-sen, abre-se uma disputa pelo poder.
  • Chiang Kai-shek, ex-membro do PCCh, vende a disputa e passa a perseguir os comunistas.
  • De 1927 a 1949 segue-se uma guerra civil entre Nacionalistas (Chiang Kai-shek) e Comunistas (Mao Tsé-tung)


GUERRA CONTRA O JAPÃO
Mao Tsé-tung
  • Aproveitando-se da fragilidade chinesa, em função da guerra civil, o Japão invade o território chinês.
  • Saques, humilhações à população.
  • Nacionalistas e Comunistas unem-se em torno do inimigo comum
  • Mao Tsé-tung conquista a admiração do povo chinês em virtude de suas firmes posições em relação ao invasor.
  • Ao final da Segunda Guerra Mundial o Japão deixa a China.
  • Nacionalistas e Comunistas voltam à luta pelo poder e com o apoio do Exército Popular de Libertação (EPL) Mao vence a disputa e em 1949 em Pequim proclama a República Popular da China.
  • Chiang Kai-shek instala-se na Ilha de Formosa (Taiwan) criando a China Nacionalista.
O GOVERNO DE MAO TSÉ-TUNG
  • Nos primeiros anos Mao estatizou grandes empresas, confiscou e distribuiu terras aos camponeses e iniciou a industrialização da China, apoiado pela União Soviética.
  • A economia chinesa passa a apresentar altas taxas de crescimento.
  • 1958 lança o plano Grande Salto Para Frente, criação das Comunas Populares formadas por cerca de 20 mil pessoas que produziam tudo de que necessitavam.
  • O Grande Salto no entanto não foi bem sucedido, a economia se desorganizou, milhares de pessoas morreram de fome, aumento do desemprego e da especulação.
  • O governo de Mao perde popularidade.
A REVOLUÇÃO CULTURALCHINESA

  • Grande insatisfação popular.
  • Estudantes universitários exigiam mudanças e combate aos "Quatro Velhos": velhos hábitos, velha cultura, velhas ideias e velhos costumes.
  • 1966 Mao cria a Revolução Cultural, movimento que combatia os "inimigos" da Revolução de 1949 e condenava tudo que provinha do Ocidente.
  • Universidades são fechadas e milhares de estudantes são enviados para trabalhar na agricultura.
  • Através do Livro Vermelho, Mao cria a Guarda Vermelha, que tem o objetivo de "reeducar" o povo, divulgar os ensinamentos de Mao e perseguir os opositores do governo.

Um comentário:

  1. odiei esse site, porq tem as mesmas coisas do livro, ou ate menos, se eu recorro a internet é porq eu quero mais, e não as mesmos textos do livro...

    ResponderExcluir